quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Erica Vittorazi










Hoje eu não sonhei com você, desculpe- me! Mas, para compensar, vou devanear o dia todo. Cantarei na ruas e declamarei poemas em sua homenagem.
E com as margaridas, trocarei segredo:
O meu amor é bem-me-quer.

E se os psiquiatras me classificarem como louca, não me importo


 Eu sou...


... louca de felicidade rara e contagiante.





Nenhum comentário: