sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Curando as feridas do pai ausente - Dia dos Pais


Dia dos pais está ai, mas para muitos é uma data complicada pela ausência do genitor.


Falar de família às vezes cutuca certas feridas, frustrações e pequenos rancores. De fato, poderíamos dizer sem sombra de dúvida que uma das figuras mais complexas e que surgem com maior frequência é a do “pai ausente”.


O pai ausente não é só o vazio físico de uma figura que não tivemos; às vezes, é também alguém que “mesmo estando” não soube ou não quis exercer o seu papel. É uma ausência psicológica capaz de criar em uma criança diversas feridas emocionais.


Crescer sem pai, sem mãe ou sem uma figura relevante na infância em função de um fato traumático é algo que sempre carregaremos, e que deixa cicatrizes internas que procuramos superar.

 Que consequências a figura do pai ausente provoca na idade adulta?



Na maioria das vezes gera um desapego afetivo que torna a pessoa mais insegura na hora de estabelecer determinadas relações, podendo chegar a ser um tanto desconfiado. A ideia de projetar uma alta carga afetiva em alguém provoca medo, temor de ser traído ou não reconhecido. Ou ainda pior, ser ignorado.


A medida que amadurecemos, nossos olhos se abrem ao mundo e passam a ler as entrelinhas. Os gigantes viram anões porque já conhecemos os seus segredos. Contudo, uma parte de nós continua sendo vulnerável a esse passado.


Contudo, o vazio do pai ausente continua ali, e não importa se no presente você continua se relacionando com ele, ou se ele já se foi, ou se você se cala nas reuniões familiares e age como se o passado nunca tivesse existido.


Se você não teve a presença do seu pai, o mais provável é que a sua figura de carinho mais saudável e representativa fosse outra: a sua mãe, os seus avós ou inclusive os seus amigos ou companheiros conforme você crescia. Foram eles que se tornaram os seus pilares no dia a dia.


A sua família autêntica. 
A que importa de verdade.

Um pai não é apenas o que dá a vida, um pai é aquele que está presente, que acolhe, cuida e guia em segurança construindo cada dia um caminho de momentos significativos na vida de uma criança.


Especialmente para as meninas o pai é o primeiro amor.
 Para os meninos o pai é o primeiro herói (aquele que ele admira e quer imitar seus passos).

De fato a falta de um pai na infância interfere na vida adulta.

Uma menina que se sente amada pela figura paterna tem mais chances de crescer sem carências emocionais do que outra que não teve essa figura.

Mesmo que os pais sejam separados, há a necessidade desse contato saudável.

Uma pessoa que reconhece seu valor, jamais aceitará ser desvalorizada (o) por um parceiro (a).


Para todos os Grandes Homens que exercem seu papel de Pai, meus Parabéns.

Para todas as Mães que exercem duplo papel mãe/pai, meus Parabéns.

Para os avôs, tios (as) que cuidam e dão todo carinho e amor, meus Parabéns.
O importante é  que a criança reconheça seu valor e seja amada.

A todos um Feliz dia dos Pais.







40 comentários :

  1. Texto super verdadeiro!Lindo! Beijos e parabéns aos papais de todos os modos nesse dia! chica

    ResponderExcluir
  2. que texto lindo, conheço mts pessoas que vivem essa situação e ficam bem chateadas em datas comemorativas como dia dos pais

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é muito comum e creio que será ainda mais agora.

      bjokas =)

      Excluir
  3. Vale a pena refletir sobre isto mesmo!
    Obrigado pela visita

    ResponderExcluir
  4. Hoje, apenas uma breve passagem para vos desejar um bom fim de semana.
    Pequenos mas felizes... momentos inolvidáveis...
    Beijos. Para a semana volto com mais tempo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bjokas amiga, é sempre um prazer ter você aqui =)

      Excluir
  5. Texto reflexivo, nesse dia dedicado aos pais, o meu que está no mundo espiritual, foi presente e deixou grande saudade!
    À todos os pais que exerceram e exercem com amor a sua função desejo um dia feliz!
    Feliz Dia dos Pais!
    Abraços querida Bell!

    ResponderExcluir
  6. Muitas vezes a mãe é também pai, isto no bom entendimento da palavra. Mas um pai é sempre um pai. A presença masculina num lar é muito importante na educação de um filho
    .
    Cumprimentos blogueiros

    ResponderExcluir
  7. Boa noite, Bell
    Texto reflexivo e verdadeiro, querida.
    Obrigada pela gentil visita.
    Beijinhos de
    Verena.

    ResponderExcluir
  8. A gente aprende a viver sem tanta coisa... mas pai e mãe ausentes, pode demorar mais. Ou não nos acostumarmos nunca. Pai e mãe são nossas portas para o mundo.

    Tenha um ótimo final de semana, Bell.

    ResponderExcluir
  9. Oi Belzinha,
    Saudades!
    Estou doente, tenho saudades dos tempos passados, mas a dor machuca a carne e "dilacera" o coração.
    Agora é só esperar a ...
    Linda postagem!
    Beijos no coração
    Mamis

    ResponderExcluir
  10. Muito triste crescer sem a presença dos pais.
    Graças a Deus eu tive meus pais presentes até o dia em que partiram para a grande viagem.
    Lindo texto amiga Bell.
    Bjs-Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  11. O meu está ausente. Mas foi presente, sempre.

    ResponderExcluir
  12. Passando para regar nossa amizade,
    que mesmo sendo virtual é muito importante.

    Pouco importa saber
    em que parte do mundo
    nossos amigos se encontram,
    se podemos sentir na alma
    que dentro de nós e dentro deles,
    há um espaço reservado que nada mais
    poderá preencher. Talvez por serem tão raras,
    amizades verdadeiras são
    como tesouros preciosos
    que devemos tentar
    manter a vida toda.
    feliz domingo
    Abraços da amiga Lourdes Duarte

    Parabéns aos pais pelo seu dia!

    ResponderExcluir
  13. obrigado :D

    que lindo texto, querida <3

    NEW BRANDING POST | I MADE MY OWN CLINIQUE CREAM!!
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  14. Gostei do seu texto e nele me encontrei crescendo sem pai…
    Bonita homenagem a todos os que sabem amar…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  15. Feliz semana minha querida.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  16. Parabéns pelo texto. eu tive meu pai super presente na vida, até que ele partiu há 14 anos atrás.
    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  17. Oi Bell,
    Infelizmente a minha filha foi e é vítima de um pai ausente...
    Beios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem nunca né?
      Muito mais comum, quando paramos para pensar.

      bjokas =)

      Excluir
  18. Olá Bell, td bem?
    Realmente a figura paterna é de extrema importância na formação da criança e a sua ausência pode causar diversos problemas comportamentais no seu filho ou filha. Mesmo que os pais não morem juntos essa relação pai/filho precisa continuar da maneira mais saudável possível. Belo texto.
    Bjos

    ResponderExcluir
  19. Bom dia...
    Hoje, de uma forma mais rápida, de maneira a chegar a todos. Espero a compreensão de todos. Cheguei com:- Entregas-me uma rosa num ávido beijo. {Poetizando e Encantando}

    Bjos
    Votos de uma óptima Segunda-Feira.

    ResponderExcluir