quarta-feira, 16 de março de 2016

A série Divergente: Convergente

Oi pessoal!  Assisti o filme  A série Divergente: Convergente e vim aqui compartilhar com vocês o que achei do filme! Se você ainda não assistiu, pode ler sem medo! Não vou estragar a surpresa! Aqui não tem spoiler.  

Sinopse:Após a mensagem de Edith Prior ser revelada, Tris (Shailene Woodley), Quatro (Theo James), Caleb (Ansel Elgort), Peter (Miles Teller), Christina (Zoë Kravitz) e Tori (Maggie Q) deixam Chicago para descobrir o que há além da cerca. Ao chegarem lá, eles descobrem a existência de uma nova sociedade.

Elenco: Shailene Woodley, Theo James, Ansel Elgort, Naomi Watts,Jeff Daniels e Miles Teller
Direção: Robert Schwentke  
Gênero: Ficção  
Duração: 121 min.  
Distribuidora: Paris Filmes  
Classificação: 12 Anos 
Lançamento: 10 de março de 2016   | 18 de março de 2016

Resenha | Opinião
 O filme é baseado no terceiro livro da trilogia best-seller escrita por Verônica Roth (com mais de 34 milhões de exemplares vendidos), a aventura distópica acompanha o casal Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James) no enfrentamento ao desconhecido. Se no filme anterior eles se tornaram fugitivos, caçados pela organização comandada por Jeanine (Kate Winslet), desta vez a dupla decide, junto aos companheiros de jornada, avançar para além do muro construído em torno da Chicago.
Os personagens se veem diante de problemas, como chuva tóxica, além de alguns dilemas, como não saber em quem confiar de fato, descobrem uma trapalhada feita pelo governo norte-americano ,na tentativa de tornar o DNA humano mais “puro”, as autoridades criam cidadãos geneticamente modificados e, posteriormente, perdem o controle sobre eles. A criação do muro em torno de Chicago e das facções, portanto, seria uma maneira de garantir a paz, na esperança do genoma humano voltar ao normal ou encontrar um equilíbrio por conta própria.
O filme é cheio de conflitos tanto internos dos personagens quanto conflitos entre as facções.
Mostra que quem está no poder sempre mente para tirar vantagens.
Cheio de efeitos especiais, mas não com tanta ação quanto os primeiros filmes.
Os personagens Tris (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James), já estão  com sua relação mais madura,  e neste filme  eles  tem a responsabilidade de salvar Chicargo.
Caleb Prior (Ansel Elgort), mostra-se também mais maduro e mais solidário.
Peter (Miles Teller),  dá um show de falta de caráter mais uma vez com um personagem que só busca tirar vantagem para se favorecer, sem se importar com o certo ou errado e os demais.
Aguardaremos uma possível continuação.



Vocês já assistiram A série Divergente: Convergente? O que acharam?




 






25 comentários :

  1. Oi, Bell...
    Não assisti, mas que bom que gostou!!
    Um bj

    ResponderExcluir
  2. Ótima dica Bell,vou assistir.
    Bjs e um ótimo dia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Oi Bell,esse ainda não assisti parece bom
    Beijinhos
    FacebookBlogInstagram

    ResponderExcluir
  4. Ainda não vi este filme mas tem tudo para ser interessante.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Bell, não assisti, na verdade, li só o primeiro livro da Verônica, Divergente... o Insurgente e o Convergente estavam na minha lista de espera e acabei nem lendo...como "ler" e "assistir" são bem diferentes, resta-me assistir, para uma melhor análise... não é de hoje, será sempre "que quem está no poder sempre mente para tirar vantagens" e "para cada escolha, uma transformação!"...Obrigado, belos dias, beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá Bell
    Ainda não assisti, deve ser legal. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  7. Neno leu todos os livros e quer ver mais esse filme! bjs, chica

    ResponderExcluir
  8. Oi Bell, adorei a resenha. Não vi o filme ainda...mas promete!
    Seu blog tá cada dia mais completo, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi flor ainda não vi o filme, uma linda tarde bjs

    ResponderExcluir
  10. Um ótimo filme!
    Já assisti.

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    Eu vi um dos filmes. Acho que o primeiro. Não é cult, não traz essa pretensão, mas me diverti. Então, cumpriu o seu papel.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Olá Bell.
    Não conhecia o filme.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Não assisti. Gostei de saber que vale a pena.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  14. Ainda não vi o filme, mas fica a dica, bjs Bell

    ResponderExcluir
  15. Ainda não vi esse filme!
    Inquietante... mas super interessante... pois parece tratar de uma realidade... que já esteve bem mais longe de acontecer... por este andar!...
    Uma óptima sugestão... e um belo filme de acção, certamente!
    Beijos, Bell!
    Ana

    ResponderExcluir
  16. Ainda não assisti mais amei a resenha arrasou
    Meu canal: https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Querida
    Vou assistir quando for para Ribeirão Preto.
    Quanto ao seu comentário;
    Fazemos muitas besteiras por um "amor", que na verdade não é...mas os tombos nos ensinam a ser feliz.
    Beijos
    Minicontista2

    ResponderExcluir
  18. Bell,

    Não assisti.
    Obrigada pela resenha e sugestão.
    Abraços

    ResponderExcluir
  19. Não sou muito de acompanhar séries...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  20. Espero ter ajudado, querida. Obrigado :D

    Bem, já tinha lido várias críticas mas ainda não o vi :D Ainda assim, estou super expectante. Agora só falta tempinho para o ver :P

    NEW WISH POST | Help me in this choice, pleeeease!
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
  21. Abençoado dia, Bell!!!!!!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Para quem gosta de redes sociais e/ou fotografia e quer ganhar uns $ extra com um blog, inscreva-se na Tsu!
    Deixo aqui o convite:
    https://www.tsu.co/Samgom

    Nota: Mais informação aqui:
    https://en.wikipedia.org/wiki/Ts%C5%AB_(social_network)

    ResponderExcluir
  23. Estou de acordo com a resenha, é divertida, amena, curiosa e acima de tudo está maravilhosamente realizada. Introduzir o universo deste filme produz uma sensação que vai gerando fascinação, a chave da diversão. Ansel Elgort e me ator favorito. Ele sempre surpreende com os seus papeis, pois se mete de cabeça nas suas atuações e contagia profundamente a todos com as suas emoções. Adoro porque sua atuação não é forçada em absoluto. Seguramente o êxito de filmes com Ansel Elgort deve-se a suas expressões faciais, movimentos, a maneira como chora, ri, ama, tudo parece puramente genuíno. Sempre achei o seu trabalho excepcional, sempre demonstrou por que é considerado um grande ator. Gosto muito do ator e a sua atuação é majestosa.

    ResponderExcluir