terça-feira, 3 de maio de 2011










Dá-me, filho meu, o teu coração, e os teus olhos observem os meus caminhos.

3 comentários:

Rô... disse...

oi Bell,

tudo o que vem
dos nossos filhos,
tem um valor especial...
como é bom tê-los
sempre perto!

beijinhos

Letícia disse...

Que lindo aqui! *-*
xD

Will disse...

Oi Bell,

Sabedoria Salomônica. Bravo!

Abç