quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Querido Universo...



Quero um amor assim…
Em primeiro lugar, tem que ser exatamente assim: amor! 
Não quero apenas desejo ou paixão. 
Quero tudo junto e misturado. E mais: também tem que ser parceiro. 
Quero alguém que num instante tope uma boa balada e no outro, um fim de semana pacato. 
Alguém que leia e acima de tudo, alguém que me leia. Me leia os olhos, as “entre linhas”, a pele e a alma.
Quero um amor que tenha vida própria, que seja independente e tenha sua individualidade. Alguém seguro e que não enche o “saco”. 
Quero um amor que tenha ciúmes sim, mas só de vez em quando.
Quero um amor parecido comigo, com afinidades. Quero alguém que me entenda pelo olhar. 
E que, quando necessário, me acalme com seu tom de voz.
Quero um amor que tenha “pegada”. Que conheça a diferença entre os momentos de um toque e os de força bruta. Quero um amor que beije, que acaricie e que abrace. Quero um amor que não se esconda, que tenha orgulho. Quero alguém que escancare o que sente e o que vive.
Quero um amor de alma transparente, alguém que sabe o que quer. Quero um amor positivo. Alguém que reconheça a energia e poder dos pensamentos.
Quero alguém que sonhe. E alguém capaz de me fazer sonhar, mas que nunca se esqueça de seus próprios sonhos.
Quero um amor bonito, atraente de corpo e alma. Um alguém que me atraia com os olhos e com as palavras. Quero um amor que tenha atitudes e caráter irresistíveis.
Quero um amor que chegue e que fique. Um amor tranquilo. Mas quero um amor quente. Um amor que dure.
Quero um amor maduro, vivido. Quero alguém sensível, capaz de me entender mesmo quando eu não, não possuir aptidão para isso.
Quero um amor que tenha palavras, mas que também tenha o silêncio nas horas necessárias.
Quero alguém que viaje, converse, analise e sinta tudo ao seu redor.
Quero alguém que goste da vida, das pessoas, da natureza e dos animais. 
Quero alguém que tenha amor e saiba amar sem julgamentos.
Quero um amor para dormir, acordar e comer comigo. Mas também um amor que saiba me deixar sozinha. Alguém para sentir saudade.
Quero um amor de alma e depois de corpo.
Quero um amor pra chamar de amor.
E entenda, querido Universo: meu desejo é uma ordem!”.


Carolina Vila Nova- O segredo




15 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

O amor tem que ser amor e não paixão,o amor fica a paixão acaba.
Lindo texto Bell.
Bjs-Carmen Lúcia.

Cidália Ferreira disse...

Excelente, Bell, e quem não gosta de uma mor assim. Que assim seja!!



Beijinhos e um dia feliz.

Anete disse...

Um amor raro e perfeito! Gostei do texto.
Um abç

Larissa Santos disse...

Boa tarde.
também quero uma mor assim. Perfeito..

Bjos
Boa Quarta-Feira

Pepi,Xixo,Juja,Jujuba disse...

Boa tarde, Bell
Um amor assim quem não quer?
Tenha uma ótima tarde, querida
Quando tiver um tempinho venha conhecer o nosso novo blog.
https://interagindocomosbichinhos.blogspot.com.br/
Um beijinho carinhoso de
Verena e Bichinhos.

✿ chica disse...

Muito legal ,bell! E temos que pedir certo, pois o universo pode responder! bjs, chica

Liliane de Paula disse...

Bell, numa relação amorosa penso que tem que ter admiração pelo parceiro.
E a gente ama quem a gente admira.

Seu filho é tímido?

Elvira Carvalho disse...

E quem é que não quer um amor assim?
Um abraço

Lucimar da Silva Moreira disse...

Bell que lindo também quero um amor assim, Bell bjs.
http://www.lucimarmoreira.com/

Sérgio Santos disse...

Que lindo, Bell. bjsss

Isa Sá disse...

Um amor tem que ser verdadeiro...caso contrário não é amor...


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Belo raro e perfeito.
Gostei bastante do que li.
Continuação de uma boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Pathy Guarnieri disse...

Que bacana o texto! É tão bom quando encontramos alguém assim. ^^

Beijo!
Cores do Vício

Os olhares da Gracinha! disse...

O texto merece ser lido!!!bj

Ana Freire disse...

Um amor perfeito?... Só mesmo em flor, Bell!...
Acho que ninguém conseguirá cumprir todos esses requisitos em simultâneo... e mesmo que cumpra... circunstâncias podem acontecer... que poderão mudar a perfeição inicial encontrada...
Acho que me fico pelo primeiro requisito... quero um amor... o resto... a vida se encarrega de mostrar, se será o certo ou não, para a gente...
Mas de qualquer forma, adorei o texto... que nos mostra um amor ideal... mas dificilmente real...
Beijinhos
Ana