domingo, 15 de agosto de 2010

Vergílio Ferreira



Não sei fingir que amo pouco, quando em mim ama tudo.

Nenhum comentário: